segunda-feira, 28 de junho de 2004

UMA RESOLUÇÃO PRA HOJE

É engraçada essa história de sentimento. Sentimento em todos os sentidos. Nosso, em relação a nossa família, nossos amigos, nossos amores, nossos sonhos e etc. Com a família, sempre temos algo a resolver, uma briga, um mal entendido, uma dívida, uma roupa emprestada, uma visita não feita. Pedimos tanto a Deus por essas pessoas, que muitas vezes só brigamos ou temos vontade de despencar nossa raiva em pancadas.
Os amigos então, são casos de romances literários. Eu particularmente sempre tive muito ciúme dos meus amigos, até mais do que roupas e namorados, com um pouquinho de exagero, é claro. Os amigos de verdade são aqueles, em quem a gente confia, sabem das nossas feridas, e nós não temos medo. Às vezes torna-se relação de amor e ódio... brigamos, dizemos que nunca mais vamos conversar, que estamos magoados, mas corremos pro colo, ou pra um milk shake no Mac Donald’s, no primeiro indício de solidão.
Amor é uma coisa muito difícil de ser citada, pois não existe algo que ainda não foi dito desse “tabu”... só acho até, diria exótico, a gente precisar tanto, mas tanto, ser amado e sofrer até mais, por amar alguém. É uma contradição sem tamanho. Algo de deixar em dúvida qualquer alma mais elevada e entendida das mazelas humanas.
Quanto aos sonhos, estou muito decepcionada com minha forma de agir, e com quase tudo que tenho visto nesse sentido. Acho que algo quase unânime de defeito humano é a comodidade.... como a gente pode querer tanto alguma coisa e ter uma enorme falta de força de vontade para buscá-la. Eu sou, sempre fui e sempre tenho resoluções de ano novo em que deixarei de ser, acomodada. Mas não adianta, continuo sendo por esse ano, pelo outro e pelo outro... E essa comodidade me incomoda cada dia mais.
Quando acordo naqueles dias melancólicos e reflexivos que todo mundo tem, e questiono minha existência e minha função nesse mundo, chego a conclusão de que não alcancei praticamente nada do que queria, e olha que não sou tããão nova assim... O regime da segunda- feira, o livro do mês, a ginástica da semana, o cinema do domingo, o encontro espiritual... tudo esquecido, ou largado pra amanhã.
Não sei passar aqui, uma receita prática de como realizarmos o que queremos, ter uma vida perfeita, e uma grande paz em relação aos nossos sentimentos, até porque, tenho esses terríveis defeitos. Acontece que hoje acordei naqueles dias pensativos e resolutivos, e “agora” pretendo mesmo colocar minhas idéias em prática.... procurar mais a Deus, cuidar mais da minha saúde, e da minha família.... encontrar um amor companheiro e tantas outras coisas.
Então, pra te animar como eu, nem que seja só por hoje, pense na duração da sua vida, e compare com o tempo que a gente demora pra conseguir o que quer, independente do tão simples que seja. Comparou? Agora, não demore nem mais um segundo pra começar a só fazer o que gosta, procurar o que deseja e buscar o que tanto almeja. Afinal, se não tivermos no mínimo isso, não vale a pena viver, não vale a pena apenas passar pela vida, e não deixar nada de importante, ou significativo. Algo que você realmente conseguiu porque desejou do fundo da sua alma, e com todas as suas forças...
Uma vez ouvi dizer que quando queremos muito alguma coisa, o universo inteiro conspira ao nosso favor, mas convenhamos.... temos que querer muiiiito mesmo, ao ponto, de ter coragem de lutar e enfrentar pra conseguir. Então se você quer mesmo alguma coisa com essa intensidade, só falta você impulsionar sua coragem de arregaçar as mangas....
Mãos à obra, meu amigo... nem que seja só por hoje- um dia reflexivo- o tempo não pára.

SAMANTHA ABREU

3 comentários:

Liza disse...

samanthao...aprendi colocar foto no blog...com um programinha bem legal...olha lá

http://www.hello.com/how_bloggerbot_works.php?affiliate=blogger

Liza disse...

e ve se troca esse template, porque tá muito de véia..rsss...

BAR DO BARDO disse...

Amizades, amores e mudanças. É muito para o caboclo.