domingo, 25 de julho de 2004

Pedaços

" Então, frequentemente suspiro e digo a mim mesmo: Ah, se você pudesse exprimir tudo isso! Se pudesse passar para o papel tudo o que palpita de você com tanto calor e plenitude, de modo que essa obra se tornasse o espelho de sua alma, como sua alma é o espelho de Deus!... meu amigo!..."
 
" A vida humana não passa de um sonho. A muita gente ocorreu essa impressão que também me acompanha por toda a parte. Quando vejo os limites que aprisionam as faculdades de ação e pesquisa do homem, e como toda atividade visa apenas a satisfazer nossas necessidades, que por sua vez não tem outro objetivo senão prolongar nossa mísera existência; quando verifico que toda a tranquilidade em relação a certos pontos não passa de uma resignação sonhadora, como um prisioneiro que enfeitasse de figuras multicoloridas e luminosas perspectivas as paredes de sua prisão..."
 
GOETHE em "Os sofrimentos do jovem Werther"

Um comentário:

BAR DO BARDO disse...

Li Werther com mais de 40. Fato cruel, uma aluna do colégio cometeu suicídio e eu havia adotado o livro...

É um livro atemporal...

Suicídio faz parte da vida...

E o romantismo, da morte.