quinta-feira, 22 de junho de 2006

Que se foda tudo!

Sinto vontade de correr feito louca, pra um lugar tão longe de onde as pessoas mal possam me ver. De longe quero olhar bem pra elas e dizer: "Fodam-se", porque sei que na verdade é isso mesmo o que se deve dizer nesses casos, e a gente finge que não sabe, ou inventa uma poesia.
Que se dane falar bonito! Pra falar bonito que se fale de amor, apenas. Pra falar do resto, quero mais é xingar, berrar e mandar se ferrar, mesmo.
Me incomodou? que se foda!
Me deixou com raiva? que se dane e assim por diante, com todos os seus sinônimos!
Tudo o que acrescenta coisas boas à nossa vida deve ser falado de forma bonita, caso contrário, que se ferre!
Aí sim, eu iria sair dessa desgovernada sensação de tudo pelo ralo, vida pelo ralo feito água suja. Essa psicodélica sensação de querer destruir tudo, incluisive o que é bom, só porque a gente tá com raiva do que é ruim.
O ruim que se foda!

Samantha Abreu



2 comentários:

Anônimo disse...

raiva..
vejo raiva...

RIZ_SS disse...

nononononononono
sem isso pra nós, me dá um beijo um abraço e tchau pra essa raiva de longe