quarta-feira, 30 de agosto de 2006

Rouge

Vestido turco de lantejoulas. Batom carmim. Esmalte Revlon.
Um coração vermelho de cristal Swarovksi. Bloody Mary
Queen of the Scots. In my end is my begginning.
O planeta Marte, visto a olho nu. Bélica.
A paixão sua pedra de toque: dois rubis
indianos presos nas orelhas, um cinturão de diamantes —
também a frieza é humana. Não há visão sem fogo,
é incandescente a fúria, a labareda. A cor púrpura, império.
Nobreza. Veludo. Um buquê de magnólias.

Virna Teixeira

Nenhum comentário: