sábado, 30 de setembro de 2006

Sem aviso


Calma,
deixe que o tempo pense.
Olhe para frente.
Tire do peito essa dor.
Vista uma roupa de cor.
Mexa o corpo cansado.
Faça do humor animado.

Cante,
um refrão pelo avesso,
volte ao começo.
Largue o barco às ondas.
Coloque na vida adereço.
E o seu dia virá, sem aviso.

Então, anda!
Levante e prepare o sorriso,
O tal dia virá, sem aviso.


Samantha Abreu

Nenhum comentário: