sexta-feira, 9 de fevereiro de 2007

Extensão

"Eu sou um pirotécnico. Fabrico alguma coisa que serve, finalmente, para um cerco, uma guerra, uma destruição. Não sou a favor da destruição, mas sou a favor de que se possa passar, de que se possa avançar, de que se possa fazer caírem os muros."

(Michel Foucault, 1975)

Nenhum comentário: