domingo, 8 de abril de 2007

a gente não vê...

"Quantas vezes a gente, em busca de aventura,
Procede tal e qual o avozinho infeliz:
Em vão, por toda parte, os óculos procura,
Tendo-os na ponta do nariz!"
Mario Quintana

2 comentários:

Daniel Nérso disse...

Gosto quando frases comuns podem ser construidas com analogias poderosas :)

Gabriel disse...

Muito bom! Me pegou de surpresa essa, achei que o trecho acabaria de outra maneira! =)
beijos!