domingo, 29 de abril de 2007

Aspiração

São milhas de estrada
E o vento toma o peito
Desfaz o nó na garganta
Desembaraça os cabelos
Esvaziamento.

O Amor bagunça nosso hall
Visitas reparam
Casa revirada
Sujeiras escondidas em cantinhos
Esquecidos.


Samantha Abreu

7 comentários:

*¢£@üD!NhA''' disse...

Saudações!

E respiro a beleza de uma intimidade em empatia...







Fique bem.


Cordiais cumprimentos...t+.

Diogo Lyra disse...

E são justamente nesses "cantinhos" onde se escondem os piores problemas - sobretudo e especialmente nos relacionamentos...

Esse foi muito alto nível!!!!

Nanci disse...

Esses cantinhos...

Revelam cada coisa!

Bom feriado!

ju disse...

adorei esse.

Linda Graal disse...

...ai ai Samantha...quinas olvidadas em pedaços amargos de lado esquerdo...talvez!! adorei!! bjbj!

F. Reoli disse...

Existem nichos que as vassouras não chegam, ou fazem que não...rs
Te beijo!

Rocio disse...

Que belas palavras, às vezes, um só tem problemas perceber essas coisas, mas a verdade é que você não pode ter sempre a fazer essas coisas, por exemplo, eu agora vou lhe dar um gosto e eu vou comprar alguns oculos hb