domingo, 6 de maio de 2007

Cat Power na pasta Coisa Boa


Nem sei, ao certo, o que a voz de Cat Power me desperta.
Não sei mesmo
Léo já disse isso uma vez no ‘Cronista Urbano’, e eu jamais imaginei que fosse dar tanta razão. Ela me injeta uma mistura de melancolia, sossego e lembranças... sei lá pelo quê.
Estão na minha pasta “Coisa Boa”, que tem esse nome porque não explico o que essas músicas me fazem sentir.

Tá duvidando?
Ouça (só duas) pra você ver:

The Greatest

3 comentários:

Diogo Lyra disse...

Música de paz...
Muito, muito foda!

Paulo: Osrevni disse...

O Léo sempre acerta na mosca. É incrível!

Leo Bueno disse...

Ando injetando coisas nas pessoas?
E até esmagando moscas?
(rs)

Deixando de ser bobo, a verdade é que nem é necessário investigar e traduzir todas as letras da Chan para sentir suas músicas. Depois que chorei com "Colors And The Kids", as canções dela fizeram um sentido tão absurdo aos meus ouvidos que sacrifiquei algumas madrugadas em prol de uma coleção completíssima das MP3 dela. E, olha... a coisa é bem boa.

Beijos!