sábado, 21 de julho de 2007

Escritoras Suicidas

Eu já tinha falado uma vez da fascinação que sinto quando entro no site “Escritoras Suicidas”. Fico assim, estupefata.
Antes, eu quero apenas dizer que nunca concordei totalmente com essa historia de classificar os tipos de Literatura, como Literatura Feminina, Literatura Gay, Literatura Marginal e essas coisas...
Pra mim, falando de um modo geral, Literatura é Literatura. E Ponto. Ela só muda no canto em que cutuca a gente.
Mas então, como eu ia dizendo, fico atordoada quando entro naquele site, porque a mulherada bota pra quebrar! Tem coisa que leio e penso “putaqueopariu, porque não fui eu quem escreveu isso?”.
Sendo assim, como não fui eu, vou colocar aqui do mesmo jeito.
Mas, é claro, dando nome às garotas!

Clique Aqui e vá lá se esbaldar


delta devil (guillemots)


eu sonho que uma gaita
atravessa meus ouvidos
de um lado para o outro

é o blues
quer ficar
pro jantar

e caso vá às últimas
conseqüências, caso morra, caso fique
pra titia

o blues vai encantar
a chosen one, vai acordá-la
dos pesadelos.


Bruna Beber
Escritora suicida