terça-feira, 24 de julho de 2007

Joana a Contragosto

Eu ia recomendar que alguém (dos poucos que dão atenção às bobagens que escrevo) lesse o estilhaçador “Joana a Contragosto”, de Marcelo Mirisola.
Mas não vou.
Leia se quiser. Se ele te fizer mal, a culpa não terá sido minha.

Estou até com problemas de insônia, faz tempo que um livro não mexe tanto com minhas agonias. E eu já tinha resolvido isso. Mas o Marcelo fez o favor de despertar aquilo que mais odeio no amor: Curiosidade.

Se quiser correr o risco...
Depois me conta.

6 comentários:

GABRIEL RUIZ disse...

Na verdade eu gostaria que vc falasse do que se trata. Não me importo, se fizer mal, me fará bem de alguma maneira.

Társis disse...

Sinopse:

"Numa narrativa cortante, vulgar e poética, "Joana a Contragosto" brinca com algumas das obsessões do homem, de mulheres a bebida, que colocam o protagonista em situações às vezes engraçadas, porém muitas constrangedoras.
Mirisola conta a história de um escritor famoso, que recebe uma mensagem de uma fã. Uma mulher belíssima, que adora sua literatura. Os dois passam a trocar mails que se tornam cada vez mais ousados: Joana passa a enviar fotos de partes de seu corpo. TODAS as partes. O escritor, intrigado, marca um encontro com a mulher em um hotel no bairro do Flamengo, Rio de Janeiro.
A noite de amor sela o destino de ambos. A mulher descobre que ama o escritor, mas não o deseja. Já o escritor se vê apaixonado e sem esperanças de concretizar o amor, relembrando-o num fluxo mental vertiginoso. "Joana a Contragosto" é um livro forte e intenso, que confirma o gênio de Mirisola."

Parece bacana. Vou por na lista dos pretendidos para 2008.

bj

Carol Rodrigues disse...

poxa, eu crente q ia ler uma resenha
rsssss
o livro q mais mexeu comigo nos ultimos tempos foi mesmo o Lobo da Estepe, agora fiquei curiosa com esse ai

isso não se faz!!!

SAMANTHA ABREU disse...

Aê Társis, é isso mesmo!
o livro é cortante. Angustiante...

Carol..
preferi não fazer uma resenha, para não influenciar (rsrsrs). Como eu disse, caso alguém leia, não poderá me culpar pelo dano depois! ahahahhaa
mas digo uma coisa: vale a pena!
beijos

Rê Ruffato disse...

Gostei da isca.
Lerei imediatamente ;-)
Gosto de livros (filmes, pessoas) fortes.
Beijos

Diogo Lyra disse...

O grande problema do Mirisola autor é o Mirisola pessoa. Figura intragável que fez por merecer minha inclusão no rol dos "não li e não gostei"!
Contudo, admito que alguém tão polêmico assim deva guardar segredos e talentos que só perde quem for tão bobo como eu!!!
Bjs!