sábado, 11 de agosto de 2007

Babylon (ou a música do repeat)

Acredito muito na história de músicas que, de uma maneira inexplicável, despertam na gente sentimentos dos mais diferentes tipos.
Pois é. Tenho, guardadas com carinho, quase todas elas.
Mas uma em especial, ultimamente, tem me feito sentir uma vontade enorme de amar. Não, ela não me faz pensar em alguém especial. Só vontade de amar, pura e simplesmente. Por isso ela fica no repeat, me enchendo a cabeça de planos passionais e me incitando à cometer loucuras. Estou até ficando com medo!

Pra ouvi-la clique
AQUI! e a letra, de uma poesia linda, vou deixar um pedacinho aí:


Babylon

Baby, I'm so alone
Vamos pra babylon
Viver a pão-de-ló e möet chandon
Vamos pra babylon
...
Baby, I'm alive like a rolling stone
Vamos pra babylon
Vida é um souvenir made in hong kong
Vamos pra Babylon
...

Não tenho dinheiro pra pagar a minha yoga
Não tenho dinheiro pra bancar a minha droga
Eu não tenho renda pra descolar a merenda
Cansei de ser duro vou botar minh'alma à venda

Eu não tenho grana pra sair com o meu broto
Eu não compro roupa por isso que eu ando roto
Nada vem de graça. nem o pão. nem a cachaça
Quero ser o caçador, ando cansado de ser caça

(Zeca Baleiro)

Nenhum comentário: