quinta-feira, 2 de agosto de 2007

Desbravamento

Uma bateria de filmes. Que delícia.
Descobri, por acaso, que meu pc tem DVD (ahahahaha). Juro que eu não sabia, nem imaginava!
Pois bem, faz uma semana que me tranco no quarto e dá-lhe chocolate, pipoca e filmes antigos (ai como eu adoro filme antigo).
Essa semana vi:
Dogville
Taxi Driver
Conan
Atração Fatal
Dália Negra

Sabe de uma coisa?
Acho que todo homem grudento devia ter uma Alex Forest no pé, uma vez na vida. Duvido que não ia entender como é boa a liberdade.
Liberdade fantasiada, é claro. Mas nossa liberdade única.
Aquela de passar dias de semana sozinha, tomar cerveja com amigas pra poder falar bobagens que só mulheres falam quando estão juntas, dormir, comer bastante e sujando os dentes, bater papo com amigos homens... Ou seja, tudo aquilo que a gente gosta de fazer sem ‘a pessoa’, mesmo quando a ama.
Será que é tão difícil assim?
Bastaria uma Alex Forest (personagem de Glenn Close em Fatal Atraction)
Aí seria legal, hein?!

2 comentários:

Diogo Lyra disse...

Eu vi PEquena Miss Sunshine e O Perfume (o livro é muito melhor, mas o filme é bom). Queria ver um chamado Pi. Preto e branco, tenso, existencial e matemático...

Rê Ruffato disse...

Já assistiu Bagdad Café? Vi ontem e tô boba até agora...
Aliás, ontem foram duas surpresas incríveis. Este e Happy Feet.
Vai na fé que eu recomendo.

(Dogville? sem comentários... pesaaaado e demais!)