quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Paupavelmente

Tuas mãos
...D
.....A
......N
.....Ç
....A
..M
em mim, e
a____travessam-me
a derme.

Eu,
res
i i i i isto,
até quando posso
.
.
e desisto.


Samantha Abreu

foto: Calvato

23 comentários:

lizandra disse...

Uiiiii...essa até arrepioou...rssss....
Adoro vc xuxinhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
bjão

Cin disse...

Eu tbém sempre desisto rs

PS: Adorei seu coment la no blog.

Bjinhos!

FINA FLOR disse...

hum, que delícia, rsrsrs*.... adoro essas desistencias, kkk

beijos, frô

MM.

Renata Miloni disse...

Samantha, gostaria de te fazer um convite, mas não tenho teu e-mail. Poderia me escrever para que possamos conversar? :-)
renatamiloni arroba revistamalagueta ponto com
Abraços!

Paulo Galvez disse...

Fluido e concreto.

Fabrício Fortes disse...

o interessante disso é que não dá pra distinguir onde acaba a foto e começa o poema...
muito bonito, samantha!

4rthur disse...

mas essa menina tá me saindo uma concretista?

a
do
rei
esse
poema
belo e
singelo
samantha!

4rthur disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tyler Bazz disse...

Eu adoro quando as palavras acompanham seus poemas...

o/

Caito disse...

Melhor que concretista. O meio também é a mensagem, e não só. Arrepiou!

Diogo Lyra disse...

He, he, he... um típico caso de "me engana que eu gosto"!!!

Concretista abstrata? Não creio que nomes, fronteiras ou limites de todo tipo possam definir uma escritora como Samantha Abreu!

Jota disse...

AAAAAAHHHH!!!

ISSO É QUE É POESIA, PORRA!!!









(Desculpe-me pelo arroubo, Samantha, mas a culpa foi toda tua.)


Isso que você me dá nessa página me faz ganhar o dia.

Beijos.

Clóvis disse...

Uuui...
poema quente.
Poesia-orgasmo.
Maravilha.

Beijos.

Liquificadorizando disse...

Instigante é a palara certa...
ou talvez inconstante...

"(...) da tristeza não quero saber, a tristeza me faz padecer. Vou cantando fingindo alegria para humanidade não me ver chorar"

Beijos.

Paulo Bono disse...

e você dança muito bem, garota.
abraço

Ricardo disse...

adorei o seu espaço.
muito rico.

GABRIEL RUIZ disse...

Nossa, chapante Samantha.
Vc tem uma veia criativa genial. Me impressiona.
Agradeço tbm as visitas constantes e carinhosas.
Um beijo

GABRIEL RUIZ disse...

Pergunta: vc que me falou do blog, "mulheres sob descontrole"?.

O blog indicado no post anterior é fodão. Curti muito. Pedi iclusive a permissão para adicionar a moça no meu.

Valeu.
beijo

Jana disse...

pq às vezes é melhor desistir mesmo!

Beijos

Bianca Feijó disse...

Oi Samantha, passando aqui primeiramente para agradecer sua visita.Seja bem-vinda sempre!
Segundo para dizer que ontem passei horas em seus blogs,e nem sei o que dizer de tanto que gostei,pode parecer rid�culo, mas n�o sei o que dizer mesmo (risos). S�o lindos, perfeitos, a escrita estupenda.Parab�ns pelo elevado senso de bom gosto.
A criatividade deste texto que em t�o poucas palavras demonstra tanto � S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L.
Breve vc ser� um dos pr�ximos nomes famosos de nossa literatura, se j� n�o �!
To sua f�!!!
Beijos!

Isquierdo disse...

Olá, Samantha! Venho pedir desculpas pela falta de atenção. Outro dia você passou no meu blogue e comentou alguns contos. Até me achou no orkut e coisetal. Acontece que me pegou numa época confusa e eu sempre deixava pra ler o seu blogue depois. Confesso que li pouca coisa hoje, mas, gostei muito. E prometo voltar.

Obrigado por ler o blogue. E eu volto.

Um beijo.

FINA FLOR disse...

boa semana, frô

beijos

MM.

Rodrigo Lopez-Balthar disse...

Boa foto e belo poema, mas como consegue subverter a formatação do blogger para que o poema tenha o efeito como na palavra DANÇA?