segunda-feira, 8 de outubro de 2007

(Des) Confiança


Antonia era a melhor vendedora da loja. Sabia adivinhar o que as pessoas desejavam, sem precisar trocar uma palavra com elas. Acertava na mosca, sempre. Uma vez, vendeu um aparelho de barbear para uma senhora que queria limpar o tapete peludo que tinha na sala. Conseguiu convencê-la de que cortar rente ao chão era o melhor a se fazer.
Tinha ótimo desempenho em jogos e provas, porque conseguia pressentir o resultado. Além disso, sempre sabia de grandes possibilidades para números de loteria, já tinha virado consultora para assuntos de sorte e azar. As pessoas ficam intrigadas: ‘Ela não erra uma. Deve ser mediúnica’. Mas Antonia não ligava muito para essas coisas e preferia deixar o assunto de lado.
.
Um dia, chegou do trabalho mais cedo e o encontrou lá, suado, sobre o corpo de outra mulher. O susto foi tão grande que, sem pensar duas vezes, enfiou-lhe a faca de pão nas costas.
“Posso não ter previsto, mas cega é que não sou!”



Samantha Abreu
foto: Frederic Gaillard

9 comentários:

Jota disse...

Nesse jogo de enfiar faca nas costas um do outro, a diferença entre os dois é que ela só fez uso das mãos pra tanto.

E eu aposto que ele nem sangrou tanto quanto ela.

Interessante, esse texto. Tá me dando o que pensar.

Beijos!

Jana disse...

Gostei, pq prevendo ou não, ela fez!

beijos

Jota disse...

Tenho mais coisas pra falar:

Esse teu "Tua Linguística" mexeu comigo como só teus poemas conseguem fazer. Eles têm força, sensualidade e criatividade incomparáveis meeesmo. Não conheço nada parecido. A impressão que eu tenho é que se você segurar uma semente ela vai eclodir e virar árvore na palma da tua mão.

Coincidência ou não, as coisas que te encantam me encantam tanto quanto. Todas elas, intensamente, me fazem vibrar em todos os dias da minha vida. A única exceção é o frio. Detesto-o com todas as minhas forças. Mas a noite é minha!

Sou fã do que você mostra aqui, Samantha. Acho até que já devo ter dito isto, mas não faz mal me repetir. Teu blog é um espetáculo que dá gosto de se ler.

Um beijo grande e felicitações atrasadas pelo teu aniversário. Em Dezembro próximo, quem não haverá de escapar dos vinte e sete sou eu.

Paulo Bono disse...

não uma mulher de visão, não.
uma mulher de ação.

abraço

*e parabéns pelos 27

4rthur disse...

Ê tragédia! essa menina tá mais rodrigueana que nunca.

beijo!

Yara disse...

Mais um texto intenso e carregado de emoçao..gosto disso. Gosto de todas as tuas produções por isso, parecem ser feitas com a alma, com o sentimento.. Tudo de bom pra vc Samantha, que seja cada dia mais esta artista maravilhosa, produzindo textos que nos encantam. Quem sabe nao vem um livro pra gente ler por ai hem?
Heheheh beijao.

Carol Domingues disse...

Hahahahaha adorei! É algo que eu faria...

Obrigada pela visita e pelo apoio!

Bjossssss

Caito disse...

Isso está no Escritoras Suicidas tb não? Muito bom, e aqui dá pra deixar oomentário! E cortar o pelo do tapete bem rente é uma idéia muito genial!

Valeu!

Nanda Nascimento disse...

Por mais que visualizamos nosso futuro, tudo que nos incomoda será maquiado.
Beijos e flores!!