quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Rotação sobre ti mesmo...

Rodopio
em volta da tua vida.
Feito peão espalmado
por uma criança em alvoroço.

Estou rodando.

...Rodando
....Rod...........ando
...Ro.......dan.......do
....Rod...........ando
....Rodando,

cheia de todas as intenções,
vontade de te puxar pela mão
e te levar comigo
ao final desse buraco, negro.

Quem sabe assim,
você pararia
de me revirar
os sentidos.


Samantha Abreu
Foto: Maria Bogdanova
.
.
.
.

29 comentários:

Gabriele Fidalgo disse...

Sua criatividade é inspiradora, viu?

=**

Juliana G. Mello disse...

Criativo, instigante. Maravilhoso.

Só você mesmo, Samantha!
Por isso que adoro vir aqui e passar meu tempo lendo estes posts.
Parabéns!

Beijinhos ^^

Paulo Bono disse...

samantha, não sou chegado a poemas, mas você insiste. e bota pra fuder. chega fiquei tonto.

abraço, essa menina

Carol Domingues disse...

E não é assim todo dia para nós mulheres???

Bjossssssss

Tyler Bazz disse...

gostei!! \o/

julienni campos disse...

Samantha, a estrutura dos seus textos me fascinam. Você sempre me surpreende.
Mais uma vez Parabéns.
Obrigada por ter visitado meu blog, vc sempre é muito bem vinda.

bjoss =)

anjobaldio disse...

Lindos teus poemas.

Paulo Castro disse...

Já rodei sobre mim mesmo, em mim mesmo, na cama, amarfando lençóis, só quem já teve esse tipo de insônia ( drogas, paixões que acabam, etc...) sabe do que se trata.
Beijos pela tradução disso, Samantha.
°

Caito disse...

Minha nossa! Muito bom, não há tabu nas suas poesias, que tendem a perfeição, tanto pelo aspecto mais técnico como pela capacidade poética bruta. Fantastico.
Bjo

Bianca Feijó disse...

Maravilhoso! Sua poesia é compreensível ao leitor,além de estupendas...e por falar em estupendo visitei A Garganta da Serpente e adorei, esta lindo!

Beijos!

FINA FLOR disse...

eis o tipo de vertigem que vale a pena!

beijos moça, e sucesso com as meninas, adorei o projeto!

MM.

*¢£@üD!NhA''' disse...

Estes teus poemas inspiram.
Lindos e dançantes de nós.

;****

Yara Regina disse...

Concordo com a Gabriele quando disse que sua criatividade é inspiradora... Cada vez que venho aqui me deparo com um texto melhor, uma poesia mais bonita... Vc vai longe assim garota..
Beijos.

menina lunar disse...

Não vou ficar falando que tá ótimo, nem do teu talento impressionante, porque senão vira clichê..

Mas, passei por aqui!! :D

Beijo bem grande.

Maz disse...

mexeu comigo - literalmente!
sempre bom ver coisas boas, a propósito, furtei Lispector de um canto aqui e colei lá... ela é fabulosa...

Carol Domingues disse...

Ahhhhhhhh muito obrigada. (momento timidez)

Bjosssssss

Jana disse...

A muito meus sentidos não são revirados rs

beijos

Ludmila Barbosa disse...

Hum... que delícia esse poema... essa criatividade... delícia!!!

L. Rafael Nolli disse...

Bacana o poema. Presa como um satélite, conspirando uma forma de parar com a alucinação do rodopio, sempre levando-a para longe, ao bel prazer.

Marcus Vinicius disse...

Parabéns pelo espaço! Gostei muito!

Voltarei mais vezes!!!

jucosfer disse...

e minha cabeça rodou com esse texto.
gostei muito.

rodeii.

Abraços.

Sic disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Grazinha disse...

Criei uma atração por poesias visuais dentro do curso de design. Tive um professor fascinado por isso... tentei arriscar alguns mas sem tanto sucesso...

Teu escrito está perfeito! Criativo, intrigante. Gostei!

Sic disse...

E quem te disse que a recíproca não é verdadeira?
Adorei o poema, ainda mais agora que ando cheia de todas as intenções do mundo kkkkkkkkkk

Beijos

Solin disse...

sem querer comparar, mas já o fazendo, lembrei de Paulo Leminski...
É a prova d que ainda existem pessoas cheias de sentimentos e extremamente criativas nesse planeta levemente fútil.

qdo tiver um tempo maior, vou ler tuuuudo que há aqui.

bjo

disse...

Qdo a senhorita vai publicar, hein?? Demorou!
Vê se posta um dia os seus top 10 - cinema. Quero dicas de bons e inesquecíveis filmes...
Superbeijo

jucosfer disse...

e me atrevi a linkar este blog no meu.

4rthur disse...

É como dizia Johnny Walker: o mundo dá voltas.

Um beijo tonto.

Alê Namastê disse...

Menina Pimenta,
adorei a brincadeira com a palavra. Fiquei ridando...Oba!