segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Perguntas sem Respostas # 4

...porque a morte é a coisa mais besta que pode existir.
E existe, inegavelmente.
Quando criança, eu chorava por medo de injeção, mas sabia onde doía: na bunda.
.
E quando é a morte?
Alguém sabe dizer onde dói pra ser tão insuportavelmente ruim, assim?
.
.

6 comentários:

Oliver Pickwick disse...

Como sabe que dói? E quem disse que é insuportavelmente ruim?
Beijos!

Sérgio Luyz disse...

Se dói e na vida toda...

ronaldo braga disse...

eu gostaria de publicar em meu blog:
www.ronaldobragas.blogspot.com
o seu poema "meio-ser"
se vc concordar por favor responda para o email:
ronaldobrag.s@gmail.com

ronaldo braga disse...

o email certo é:
ronaldobraga.s@gmail.com

Ana Valéria Sessa disse...

Cheguei até aqui através de um link no blog do Otávio Augusto e confesso: Estou adorando o passeio ! lembrei-me do final do filme: "Cazuza" O rosto dele no pôr- do- sol em frente a praia...lindo, lindo e a frase que ele diz: "Morrer não dói". Penso que ele tá certo, o que dói é a vida...la vie c'est tragique. La mort est tout simplement un mistére !

beijinhos,

Fred Mitne disse...

deduzo eu que morrer eh indolor... mas a ideia realmente eh assustadora... deve ser porque o desconhecido assusta, mesmo sabendo que em alguns casos temos certeza de que serah bom... como uma nova descoberta, um amor novo, uma aventura e tals... acho que a dor permanece em que ficou... e quem partiu, se purificou!