domingo, 4 de maio de 2008

Mãos de Medusa


Porque estamos, todos, no centro e entre.
E da ponta dos dedos da menina, luzes se decompõem poeticamente no universo.
Raios coloridos, flashes, lasers.
Enquanto irradia energia universal – a que muitos, equivocadamente, chamam de amor – a menina ovula mais e mais espectros.
Ela, em fotossíntese, se faz de prisma sob o sol.
Durante séculos têm sido assim. Desde então, o sol ficou conhecido como pai.
A menina, em plena gestação, gira como quem colore: vida.



Samantha Abreu
foto de Lara Jade
.

34 comentários:

Fred Mitne disse...

ovulação espectros sempre me deixa excitado... não sei porque???

hehehehehehe...

bjo!

Camilinha disse...

"a girar, que maravilha...
a girar, que maravilha..."

beijos daqui...

Tâmara disse...

Porque estar no centro e ente....sera sempre o melhor lugar!


Adorei a visita....
Bjo!

Anderson Almeida disse...

Como sempre dizia o Nelson Rodrigues: "De nada vale esta estética" escreva simples e serás grande!

Bju...

Cabraforte disse...

Assim como o mundo e tudo gira, ela gira para o mundo dela girar?


bj

Grazielle disse...

A vida é praticamente uma bailarina... bela maneira de ver o cosmo!

:***

(tem coisa nova no Conjunto... postei dpois que vc comentou...)

Flávia disse...

Ovular amor e vida é parir sonhos... é dar-se vida continuamente, banhada em sangue e sorriso.

E sim, eu sou cleptomaníaca. Roubei seu link na cara dura...

Beijo! ;)

FINA FLOR disse...

que bonito!!!

ficou lindo com a foto.

beijos, querida

MM.

Grazzi em ContRo disse...

Ah..assim dançando a dança e não o bailarino..lindo!

Beijão!

Jana disse...

mais uma vez um texto perfeito...

Eu ando tão repetitiva aqui rs

beijos

jorgeanabraga.zip.net disse...

delicado...como a vida deve ser...

Juliana Caribé disse...

A menina gesta a vida como quem colore o sol com as cores do arco-íris...

Lindo!

Beijos.

Paulo Bono disse...

confesso que viajei um pouco,
mas gostei das palavras.

abração, Samantha

Ana disse...

Menina linda!!!
Linda você!!!

Serjones disse...

tava inspirada, hein?

Louis Wheiller disse...

No que resume realidade, poesia e ficção?

Samantha Abreu.

Parabéns!

Borboletas Embriagadas disse...

Que coisa mais linnnnnnda, Samantha! Poesia filosófica, tão pequena, porém, completíssima! Auto-suficiente. Provedora de sentimentos fortes... Provocativa, secretória.

*

Verdadeiro Prazer!

=*

Sunflower disse...

decompondo as cores, ela compõe a vida.

Bah, seria um prazer inenarrável (ou talvez narrável sim, mas só por Samantha)ser uma professora nas mulherer sob descontrole, ui!

BeijA

Clara Mazini disse...

Fotossínteses e metamorfoses, sem perder a essência. O que é importante, continua.

Salve Jorge disse...

Mãos de medusa
Que os dedos cruza
Sobre a blusa
Enquanto a vida
Segue confusa
Até obtusa
Diriam alguns
Do tipo comum
Gente sofrida
Sob o sol pai
Sedentos de uma musa
Vendo se vai
Enquanto se esvai
Pedra
Quem dera
Ladrilhos coloridos...

Jucosfer disse...

vida - porque não há uma palavra tão significativa quanto esta.

Sérgio Luyz Rocha disse...

..."no centro e entre" - alguém aí disse que viajou, eu continuo...vejo tanta coisa aí, sei que é simples e que não há mistério, mas quando as palavras ganham vida..ai, ai, ai....
...o mais curioso é que, na maioria das vezes, isso é morte (não-vida)...

Bjs!!

Alex Sens disse...

As idéias de fotossíntese e ovulação! Lindo demais, moça!

Fabrício Brandão disse...

Há um quê de delicado, singelo, sublime e sensível povoando seu texto, Samantha. Melhor dizendo, uma conjunção de sentidos.

Muito bacana!

Beijos

Pan disse...

O que dizer?? Lindo... =*

lyS disse...

Fazia um temapo que nao passava aqui. Ainda me impressionocom a sua poesia, moderna e lirica.

... disse...

Gostei muito da sua poesia. O seu blog também está belíssimo, muito bem organizado e prazeroso de se ler. Parabéns!

Fabricio Fortes disse...

a menina com olhos de caleidoscópio, que empresta suas cores para o mundo..
samantha in the sky with diamonds.. (com o perdão da brincadeira)
gostei bastante!

F. Reoli disse...

O amor.... é verde!!! ;)
Te beijo

Tyler Bazz disse...

É que sol demais na cabeça faz mal...

KARLA JACOBINA disse...

Samantha...
meu falópio arrepiou com esse poema. Ave!

KimdaMagna disse...

Uma capacidade de sintetizar o universo num microcosmos de palavras.
Adorei o relato da VIDA...

Xaxuaxo

Oliver Pickwick disse...

Nada como ler um texto cheio de vida, publicado justo na data do meu aniversário.
Um beijo!

Luciana Lyra disse...

Nossa, muito bonito, tenho nem palavras...
Bjoo