sábado, 5 de julho de 2008

Porque paz é fraqueza...

A minha alegria está nos impulsos,
feito aqueles das ondas às rochas.

Mas não há impulsos na paz.
O espírito se aquieta e distrai.

Enquanto a alma pede a morte desse cômodo estado,
meu corpo insiste em aninhar-se,
onde as ondas não chegam
e estou protegida das rochas.


Samantha Abreu

foto: lilya cornelli

17 comentários:

André Gomes disse...

bonito ;)

Camilinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Camilinha disse...

Fraca eu não sou. Tenho um corre-corre dentro de mim...


beijos daqui...

CACHORRO VADIO MORTO EM NOITE CHUVOSA disse...

Muito belo.
Samantha, postei um vídeo teu lá no anjo baldio. Bjs.

F. Reoli disse...

Você sabe acariciar cada letra; por isso as palavras saem assim, quase flutuando da tela até nós...
Te beijo

marinacruz; disse...

Enquanto a alma pede, o corpo insiste. Quem se cala? Adorei.
;*

Jana disse...

Eu tb... impulsos me alegram e me fodem a vida rs

beijo

*¢£@üD!NhA''' disse...

E então tu estás a me revirar e descobrir e me fazer agradecer por tuas nobres palavras fazerem existir.

;**** querida!

Jucosfer disse...

E a paz fortaleza??
a minha é assim!

Bjim ,
lindo texto!

Ninarangel disse...

Oi querida, fiquei muito feliz com o seu comentário!
Sai do orkut e tive que fazer um blog pra não sumir virtualemnte rsrsrrs, mas meu blog é meio seu pq sempre me inspiro nas coisas que vc escreve e até copio (creditando hehehe),parabéns pelo seu talento.
Um beijão!

Paullo Phirmo disse...

que haja sempre guerra pacífica e almada_
as rochas viram cimento_
tormento sobreviver sem sofrimento.

;)

Nao tem Sentido disse...

Up up up

Show de bola

Bjs

Paula Bastos disse...

Olá, Sabrina. Adorei seu blog. Um amigo, o Gabriel Ruiz, do Notícias Mentirosas foi que me indicou. Me identifiquei com várias coisas que você escreve.
Parabéns pelo blog :)

Mwho disse...

A emoção é vital.
Tem que encarar as rochas...
Gostei!

Calebe disse...

A estabilidade joga tudo numa desordem confundida com ordem.

Às vezes também não te parece isso?

Beijo

Calebe...

Alexandre França disse...

Bonito. Legal o seu blog, ein...já linkei lá no meu. beijos

Sunflower disse...

sei que já murmurei isso por aqui mas é que eu realmente acredito nisso - é do caos que nasce a vida. E como disse um dos meus maridos, william blake, no nossa casamento e no casamento do céu e o inferno, não há evoluçao se não for por meio do combate. Paz, pra que?

Beijaaa