quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Por trás de um Disfarce

foto de akif celebi
.
Sueli trabalha no hotel Remanso, na metade da BR365. Sua mãe também já tinha trabalhado lá e ensinara à filha que devia impor respeito àqueles homens sem paradeiro que passavam pelo local. Explicara que eles procuravam por descanso, chuveiro e, se possível, uma companhia relaxante. E que não fosse dela!
A garota, desde então, se veste castamente e não sabe olhar nos olhos. Disfarça, abaixa o olhar, não encara. Quando a mãe se deu conta do sucesso da boa educação que dera à filha, descansou. Filha minha é exemplo, dizia orgulhosa.

No restaurante, alguns caminhoneiros perguntam curiosos e excitados pela garota que deixa fitas de vídeo nos quartos.
Sueli sabe fingir, mas gosta mesmo é de arrancar a roupa todas as vezes que faz a arrumação daquelas camas e sente o cheiro daqueles desconhecidos. Leva a câmera dentro do cesto com lençóis e faz daqueles quartos sujos seu pequeno estúdio de fantasias. A que mais gosta é pintar as unhas dos pés de vermelho e se imaginar de pernas ao alto, dentro de uma boleia.

Se existisse mesmo vida após a morte, a mãe já teria voltado para acabar com tamanho desgosto.
.
.
Samantha Abreu

13 comentários:

bossa_velha disse...

o estilo da tua escrita me diverte e me encanta (:

Rodrigo Carreiro disse...

Que bela personagem essa tal Sueli. Me encantei por ela.

anjobaldio disse...

Muito bom. Bjs.

D'angelo disse...

Muito engraçado..rs..

.Dazinha. disse...

Você é realmente otima!
Adorei o texto.

Celia disse...

Mocinha esperta esta Sueli..rss Um beijo!

célia musilli disse...

eu que deixei o comment aí em cima..rss

Paulo Bono disse...

Concordo com o Carreiro. personagem genial.
abraço, Samantha

Marcos Jr. disse...

Entrando na comunidade do orkut "Jornalista blogueiros" conheci o seu blog. É um local muito legal e que sempre estarei visitando. A história é muito envolvente, e nada boba essa Sueli hein. Abração e sucesso em seu blog.

Gabriel disse...

na real assim, não sei porque fico tanto tempo sem vir aqui. não darei desculpas. e preciso de uma foto, devo roubar alguma. eu adoro esse lugar, ibidem.

"A que mais gosta é pintar as unhas dos pés de vermelho e se imaginar de pernas ao alto, dentro de uma boleia." - mto fóda.

bons dias. que os ventos soprem a favor de tuas mãos.

Serjones disse...

mto imagético, mas fiquei com pena da moça. devia dar logo uma vez! ou será q o gde barato é ficar só nas fotos e na imaginação?

Polly disse...

Muito, muito bom!
Melhor ainda estar de volta, pena que não consigo comentar "Mulheres sob descontrole", mas também tem textos ótimos por lá.

Bjs,

Polly.

BAR DO BARDO disse...

Rsrs... ai que delícia de história! Menininha educada...