quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Fiapos de Chuva

Eu, meu sotaque paranaense e o texto do Paulo Castro

4 comentários:

Rodrigo Carreiro disse...

Belo texto, bela voz... Adorei a proposta ;p

Luna disse...

Gostei muito, muito, muito.
É uma poetiza nata!

Tanto no conteúdo como na voz, natural, intima, como si êle fôsse eu... direta.

Que gostozo, depois de tantos anos, escutar falar brasileiro...
com ese sotaque täo lindo, täo dôce...

Faz muitos anos que eu moreu 14 anos no Brasil, em Säo Paulo...
Que lembraças.

Obrigado, menina linda,

F.Reoli disse...

A-D-O-R-E-I!!!

BAR DO BARDO disse...

com esse texto e a sua voz... boca do inferno total!!!