sábado, 10 de janeiro de 2009

Miss Mulherzinha

foto de Piotr Rosinski

Percebo que, afinal,
sou apenas uma mulherzinha
cheia de pequenos
detalhes.

Uma Miss Dalloway
simulando uma festa de vida,
mas amando o desejo de morte.
Mulherzinha do tipo que não se nota.

E você procura tanto
pelas ruas
a desgraça de um bom drama,
que não me suporto mais ser.

Arreganho, pois, a alma, depois
das pernas,
e te mostro como um bom drama
se traveste de hábitos.


Samantha Abreu

12 comentários:

Tarcísio Buenas. disse...

samantha, você é foda mesmo!

beijo na boca

Lais Mouriê disse...

Perfect!

.Dazinha. disse...

Forte e delicioso de ler! :)

Beijao

Braga e Poesia disse...

ser poeta é não ver o simplório e sim ver depois dele e vc samantha tem esse poder de ver alem do aparente e trazer até nós as dobras da verdade, transtornando o comum e vertendo charme onde se espera dor.
sua poesia é forte, é apaixonante e este poema é um
decifrar-esconder num jogo onde o sensual é expulso mais insiste. coisas de poeta transformar até mesmo o abrir das pernas.
adorei.

Ricardo Thadeu disse...

O desvelar do mais intimo.
Sem mascaras, cem más caras.


Tive que apoiar a palma da mão no
meu queixo para trazê-lo à posição original.

Parabéns pelo blog, menina Samantha.

Fabrício Brandão disse...

Esse poema tem um trunfo: um forte apelo imagético!

Beijos poéticos, querida!

Grazzi em ContRo disse...

Lendo e pensando no monte de homem-mulherzinha que já conheci!
Pois então..tem homens que precisam mais de novelas e menos dos atores, para se sentirem protagonistas, nem que seja pra sair peidando frufru!

Ei, Sa! Gosto dos seus hábitos!hihihi

F. Reoli disse...

Mulherão, palavrões, admiração!
Você sabe causar sensações Sam...
Beijos

tavinhopaes disse...

...poema de mulherzinha para mulherão virar mulherZONA!!! Muito Bom!!!

Murilo Lima disse...

Eu sempre me surpreendo com seus textos!
Intimidadores, objetivos.

Samantha Abreu, uma autora admiravel!

Beijos!

Sunflower disse...

Mulherzinha é depreciativo. você é ÃO em toda força do grau da palavra.

BAR DO BARDO disse...

!!!