sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Resolução

foto de miceeatcheese
.
Da minha janela pode-se ver o movimento onírico que me apetece. Desejos se misturam aos fantasmas libertos pelo esfregar de mãos em garrafas geladas. Não quero mais olhar para o céu, já perdi a conta das estrelas, já perdi a conta do teu colar no meu. Não renuncio às febres que ainda terei, não abdico da violência pura e imediata dessa liberdade inexperiente que me pertence.
Negada a entrega, foi me imposto muro. Ainda revirarei páginas, secarei canetas, queimarei tabacos e gastarei amores.
Mas para você ou para o céu eu não olho mais.


Samantha Abreu

10 comentários:

Cláudia I, Vetter disse...

fechar os olhos e ver-se pro dentro!

beijos!

BAR DO BARDO disse...

Boa execução lírica. Longe dos olhos, longe do...

célia musilli disse...

Decisão doída....Um beijo!!!

sagamundo disse...

Fique pelo menos com o céu que é sempre outro depois de amanhã.

Li também o post sobre o carnaval, esse da mulherada pelada. Eu e minha esposa não o suportamos também. Escrevi algo sobre isso no tiagotenorio.worpress.com e também fiz um link pro seu Mulheres sob descontrole lá! Dá uma passada quando puder!

Abração,
Tenório

sagamundo disse...

Fique pelo menos com o céu que é sempre outro depois de amanhã.

Li também o post sobre o carnaval, esse da mulherada pelada. Eu e minha esposa não o suportamos também. Escrevi algo sobre isso no tiagotenorio.worpress.com e também fiz um link pro seu Mulheres sob descontrole lá! Dá uma passada quando puder!

Abração,
Tenório

Jucosfer disse...

e que assim seja!!

Gabriel disse...

Estou lá no Lasanha agora!
(gostei do texto sobre o carnaval, bastante!).

beijos!

Gabriel disse...

Tenho a impressão de que vc iria gostar bastante de ler Rubem Fonseca, mas provavelmente algum dele já deve ter passado pelos seus dedos.

cacos poéticos disse...

Libertar fantasmas oníricos que nos apetece. Sacar canetas numa velocidade 'harmônica'. Revirar vazios, queimar-se em desventuras,
fogo-fátuo,
y nunca abdicar à Poesia.
Olho pra ti.
Um Abraço!

D'angelo disse...

Putz !!! Eu vivo isso sabia???