sábado, 7 de março de 2009

7 belezas da noite

Porque me encanto cada vez mais com ela e vejo tanta beleza que me perco.
Mas essas são indispensáveis:
  • Bares pouco iluminados, aquela luz mínima, cheia de reflexos de olhos brilhando, dentes sorrindo;
  • Cerveja vestida de noiva, a garrafa toda branca, molhadinha, queimando a mão de tão gelada;
  • Balcão e banquinho confortável, que deixa a gente no alto, os pés balançando tranquilos e o cotovelo apoiado descansado;
  • Conversa com música boa de fundo, você falando ritmado e enquanto escuta, a trilha sonora te faz viajar no que dizem;
  • O descompromisso de não ter que se justificar, não ter hora para chegar e sair, não ter o que fazer além daquilo, não ter pra onde ir além de lá;
  • A delícia de se sentir bem e bonito, de se sentir vivo. Porque se não for assim, é melhor ir dormir cedo;
  • A possibilidade de tudo acontecer a qualquer minuto. A pessoa mais interessante do mundo pode entrar pela porta, alguém pode falar algo extremamente engraçado e te fazer rir escandalosamente, a próxima música pode ser aquela que você ama e não houve há tempos. Ou nada nada disso acontecer, mas a possibilidade é bela.

6 comentários:

Peterson disse...

Hahaha, falou tudo em 7 tópicos. Amei.

On The Rocks disse...

tudo com sua companhia.

bj

BAR DO BARDO disse...

moça, vou assinar junto.

preciso sair mais...

Dama disse...

Adorei!! É exatamente isso.

Gabriel disse...

Holla!
Escrevi sobre isso há pouco, porém ainda não coloquei lá!
Mas qro muito que vc leia, venho aqui avisar! (:

um beijo, nao suma!

Anônimo disse...

amigaaammmm, o seu texto está aqui ó: http://izamendonca.blogspot.com. aliás, TODOS os textos dela são cópias de outros blogs. jornalista medíocre e cara de pau! toma os créditos para si, pagando de melhor redatora do mundo!!!!!!