terça-feira, 14 de abril de 2009

técnicas de disfarce

Tudo mal explicado, médio-resolvido, ele pára na porta e fica me olhando.
Disfarço, dou uma piscadinha acompanhada de um sorriso, e continuamos assim.
Segundos que parecem horas.
Mais sorrisos de canto.
- O que foi? – ele me pergunta.
Caralho, como você é lindo, esse seu olho é lindo, seu abraço é um dos melhores do mundo, seu perfume é o meu preferido e morro de vontade de ficar enroscando meus dedos no seu cabelo, pra sempre.
- Nada não.

9 comentários:

Solin disse...

ah, sei. Blip é hiper prático. adorooo.

me adiciona de novo no teu Blip: blip.fm/pupiladevinil

bj

Sunflower disse...

e quando eu peço pra ele explicar algo que já se de cor e salteado, me mostando os porquês de A + B. Aí, ele ensina preocpado e compenetrado, que nem um velhinho,fico rindo, pois . Mas, não posso dizer porquê, pois não sei contar piada.

Nem a verdade.

Luciana disse...

Das coisas que só mulher sabe fazer...

Adorei o senso de humor!

.Dazinha. disse...

E depois enlouquece sufocada pelo não dito, arrependida pela tortuosa inutilidade do bom senso!

:*

Paulo Bono disse...

Delicioso, Samantha.
Aliás, você vive escrevendo essas coisas simples e deliciosas.

grande abraço

Jucosfer disse...

ótimo, ótimo!!!

kkkkk

Renne Boz disse...

hahahahaha..somos mestres!

Rê Ruffato disse...

pqp, Sá. que momento... adorei.

BAR DO BARDO disse...

ai, que macho frio...